/ Finanças

Como precificar serviços contábeis: 5 atividades básicas

Se você tem um escritório de contabilidade, certamente já foi questionado sobre os preços praticados no seu negócio. O mercado de contabilidade está em constante movimento, fazendo com que muitos preços fiquem defasados e contador sem saber como ajustá-los da forma correta. Mas não desespere! Nós vamos te ensinar como precificar serviços contábeis.

O contador é uma peça fundamental para legalizar uma empresa e garantir o seu sucesso. Por isso, é essencial que esse profissional saiba como lucrar em suas operações.

Para que sua atividade seja rentável, ele precisa saber fazer um bom planejamento e precificar adequadamente seus serviços. E o primeiro passo é conhecer seus custos.

Um escritório de contabilidade reúne diferentes gastos, como com direitos trabalhistas, aluguel, energia elétrica, água, segurança, tecnologia e mais. Se você não levar isso em consideração na hora de definir a tabela de preços, corre riscos de tomar sérios prejuízos.

É claro que na hora de formar o preço é preciso levar em conta a base média do mercado e a tabela referencial do sindicato da categoria. No entanto, se restringir a esses referenciais é perigoso!

Portanto, hoje vamos listar 5 atividades básicas que você precisa levar em consideração se deseja aprender como precificar serviços contábeis. Continue a leitura e bom trabalho!

Os 5 principais fatores a serem considerados

Tempo de produção

Nós já comentamos um pouco acima que é importante precificar seus serviços com base nos custos.

Por isso, é muito relevante saber quantas horas de trabalho da sua equipe de contadores são vendidas.

Para fazer esse cálculo, considere todos os dias úteis do mês e multiplique o número pela quantidade de horas trabalhadas.

No entanto, é muito importante descontar o tempo ocioso – intervalos para lanches, momentos de descontração, confraternizações regulares e mais.

Custo de funcionário por hora

Seus colaboradores geram custos que devem entrar no cálculo dos honorários contábeis.

Por isso, liste o custo total de cada um dos seus funcionários, levando em conta o salário, férias, 13º salário, INSS, FGTS e mais.

Depois, é só dividir pelo tempo real dedicado ao trabalho, que você encontrou no primeiro item.

Custo de atendimento

O custo de atendimento é calculado a partir da multiplicação entre o custo da hora dos seus funcionários e o tempo dedicado a cada cliente.

Se um colaborador tem custo de hora de R$30,00 e dedica 3 horas para um cliente X, significa que esse cliente custa R$90,00 para o escritório.

Custos diretos e indiretos

Você já percebeu que a premissa básica na hora de aprender como precificar serviços contábeis é levar em consideração os custos né?

Portanto, considere todos os recursos necessários para atender os clientes, como impressora, tinta, papel, grampos, tarifas de softwares e mais.

Os custos indiretos, que são aqueles fundamentais para manter a empresa operando, como energia elétrica, telefone, impostos, seguro de responsabilidade civil e manutenção de software contábil também devem ser considerados.

Margem de lucro necessária

Ter em mente o lucro almejado é o principal norte para a sua precificação.

Em geral, as empresas estabelecem como meta de retorno cerca de 15% ao ano sobre seu valor de capital próprio. Estude o valor ideal para o seu negócio.

Tente considerar um retorno ideal de pelo menos 20% de lucro sobre a receita de serviços.

Planejamento é tudo!

Todos os cinco pontos citados são fundamentais para criar um plano de precificação. Entendendo o custo do serviço e a margem de lucro desejada, fica muito mais fácil definir o valor dos honorários.

Mas como falamos, consultar a concorrência e o sindicato também é relevante para não praticar preços muito acima do mercado e correr o risco de perder clientes.

Faça pesquisas de mercado e converse informalmente com outros empreendedores do ramo contábil para conhecer o valor que está sendo praticado.

Portanto, se sua precificação está muito mais alta que a da concorrência, busque otimizar processos para tornar seus preços mais justos.

Entre as escolhas que otimizam a produtividade está a eliminação de atividades manuais. Por isso, vale a pena apostar em um software de gerenciamento financeiro e contábil para baixar o custo operacional e, consequentemente, oferecer preços melhores.

Como precificar serviços contábeis: atenção às taxas extras!

Vale lembrar que o valor a ser cobrado do cliente vai um pouco além do calculado.

Nos contratos de serviços contábeis, além dos honorários mensais, precisa ser incluída a cláusula que atribui ao contratante a responsabilidade pelo pagamento de um adicional anual – que geralmente corresponde ao valor de uma parcela mensal – para arcar com os trabalhos extras do período final do projeto, como:

Encerramento das demonstrações contábeis anuais;
Declaração de rendimentos da pessoa jurídica;
Elaboração de informes de rendimento;
Elaboração da RAIS;
Elaboração da folha de pagamento do 13º salário;
Elaboração da DIRF.

Não subestime seus honorários

É muito importante saber cobrar um valor coerente com a demanda de serviços trazida pelo cliente – nada de grandes descontos para serviços altamente complexos!

Empresas que optam pelo lucro real, por exemplo, exigem muito mais trabalho (conciliação, SPED Contábil e mais) do que outras que optam pelo lucro presumido.

Portanto, fique atento às necessidades do cliente, para que seus colaboradores não trabalhem a valores irrisórios.

É muito importante realizar acompanhamento mensal do tempo dedicado a cada um de seus clientes para que se possa sempre adaptar o valor dos honorários cobrados de cada um deles.

Um escritório de contabilidade enfrenta a mesma pressão mercadológica que as empresas de outro ramo – esse setor não foge da necessidade de atualização constante para oferecer aos clientes o melhor serviço. Portanto, saber como precificar serviços contábeis é fundamental!

Um empreendedor de contabilidade precisa ter na ponta do lápis os valores que formam seu preço, a fim de justificar o real valor do seu trabalho.

Agora que você sabe como precificar serviços contábeis e assim garantir o lucro, é sempre bom ter em mente como manter a saúde financeira do seu escritório. Para isso, é fundamental realizar um diagnóstico financeiro. Aprenda a fazer com o e-book gratuito “Diagnóstico financeiro: o passo a passo para garantir a saúde da sua empresa”.

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More