As vendas são a principal preocupação de uma empresa. É graças a elas que as organizações conseguem contratar pessoas, comprar equipamentos e produzir produtos ou fornecer serviços. Sem vendas, não há futuro para um negócio. E eu aposto que você quer saber como vender mais!

A crise econômica dos últimos anos atingiu particularmente as pequenas empresas. Se você está entre as empresas afetadas ou apenas quer aumentar suas vendas, as estratégias a seguir para aumentar a receita são eficazes na maioria das situações.

Por isso, pegue o bloco de anotações e comece a ler nossas 8 dicas para aumentar a receita da sua empresa.

Expanda seu mercado

Aumentar sua base de clientes existente com novos produtos, novos territórios geográficos e recursos adicionais de vendas pode ser uma boa estratégia.

Adicionar serviços ou produtos complementares pode ajudá-lo a conquistar novos clientes, bem como manter os existentes.

Por exemplo, uma empresa de corte de gramados ou de paisagismo pode adicionar a manutenção da piscina por um pequeno custo adicional.

Nenhum dos serviços é tecnicamente complexo ou difícil de entregar, ambos exigem visitas domiciliares regulares, e cada um deles é um fardo para o proprietário.

Da mesma forma, uma empresa de reparos domésticos pode facilmente atender o mercado comercial com a mesma equipe e equipamentos usados em seus negócios residenciais normais.

Contratos para fornecer manutenção futura ou garantias estendidas também podem ser vendidos.
Revise os produtos de seus concorrentes para obter ideias. Se alguém, até mesmo um concorrente, tiver um “extra” que atraia os clientes, copie-o.

Melhore sua estratégia de preços

O preço é o fator mais importante na decisão de comprar um produto ou serviço. Um preço baixo pode representar uma "barganha" ou baixa qualidade na mente do comprador.

Antes de implementar qualquer estratégia de precificação, saiba como seus clientes se sentem em relação ao seu produto para que uma mudança no preço estimule o comportamento do mercado desejado.

Sempre considere seus preços como “temporários” e ajuste-os para atender às condições de mercado e concorrência.

Os preços dos produtos mudam constantemente, então você não deve ficar relutante em ajustar seus preços para atingir seus objetivos ou a situação do mercado.

Um aumento de preço imediato trará receitas e lucros adicionais para a empresa se o aumento de preço não impactar negativamente as vendas.

Uma redução de preço estimulará mais vendas e tirará a participação de mercado de outros fornecedores.

Saber como seus produtos são comparados com produtos similares do ponto de vista dos compradores, bem como os preços dos produtos concorrentes, permitirá que você posicione melhor seus preços no mercado.

A mudança de preços pode “sacudir as coisas”, então você deve ser particularmente sensível à reação de seus clientes e prospects à medida que os novos preços entram em vigor.

Se a reação não for positiva, você poderá fazer ajustes adicionais, incluindo um retorno aos preços antigos.

Você também pode considerar aumentar regularmente seus preços. Os consumidores raramente reagem a ligeiros aumentos de preços e muitas vezes esquecem-se deles.

Embora um pequeno aumento no preço possa não parecer significativo quando comparado ao preço total, o impacto do aumento nos lucros é ampliado, uma vez que o aumento fluirá diretamente para o resultado final.

Ofereça descontos especiais

Os descontos devidamente comercializados, criam uma oportunidade especial de compra na mente dos consumidores, muitas vezes estimulando-os a agir.

Os descontos podem ser aplicados a produtos limitados, como a marca de um único fabricante, uma categoria limitada ou todos os produtos em uma venda em toda a loja.

Na verdade, você pode criar um ambiente de vendas por praticamente qualquer motivo. Veja só:

  • Desconto por quantidade: quando dois ou mais do mesmo produto são comprados ao mesmo tempo;
  • Desconto de adesão (“Agrupamento”): quando dois ou mais produtos diferentes são comprados ao mesmo tempo;
  • Desconto sazonal: quando os produtos são comprados dentro de um prazo específico;

Ofereça cupons

Distribuídos através de jornais e revistas, os cupons têm sido uma maneira eficaz de divulgar produtos e aumentar as vendas.

A Internet introduziu cupons eletrônicos e reduziu ainda mais o custo da distribuição. Sites de ofertas diárias, como o Groupon e o Pelando, buscam agressivamente empresas dispostas a oferecer seus produtos com desconto em troca de exposição a seus grandes mercados de usuários de cupons.

Pesquise o mercado e encontre um emissor de cupons para seus produtos.

Incentive seus parceiros de vendas

Revise sua estrutura de comissões para “sacudir” a força de vendas. A maioria dos cronogramas de comissões é dividida em camadas, onde o vendedor recebe uma taxa de comissão mais baixa à medida que suas vendas aumentam.

Se você estiver usando essa abordagem, inverta a taxa de incentivo de cima para baixo, aumentando as comissões aplicáveis ao maior volume de vendas.

Por exemplo, em vez de pagar a comissão percentual mais alta na camada inferior, recompense os vendedores superiores com comissões mais altas no topo.

Um plano de compensação deste tipo alinha o interesse da empresa e do vendedor. A promessa de uma renda ainda maior à medida que as vendas crescem é um poderoso incentivo para fazer mais vendas.

Para um aumento temporário nas receitas, crie um concurso de vendas no qual os vendedores concorrem por um prêmio em dinheiro, uma viagem de luxo ou algum outro requisito desejado se atingirem um nível desejado de vendas ou novas contas.

Se for bem-sucedido, siga um concurso após o outro com um prêmio diferente a cada vez.

Renove relacionamentos antigos

É mais fácil vender para um cliente antigo do que encontrar um novo. Os produtos comprados anteriormente ficam desgastados, quebram ou tornam-se obsoletos.

Desenvolva um programa de marketing para se comunicar com clientes antigos e clientes em potencial e entre em contato com eles regularmente para falar da sua empresa e dos seus produtos.

Pelo feedback sobre os produtos aos seus antigos clientes. Faça com que eles se sintam como um componente valioso do seu sucesso.

Não deixe de aceitar cartões de crédito

Aceitar cartões de crédito para pagamento é um benefício para seus clientes e é um método comprovado para estimular rapidamente as vendas.

Se você atualmente não aceita cartões de crédito, vá ao seu banco ou instituição financeira local e crie uma conta imediatamente.

Os custos iniciais da instalação serão recuperados rapidamente e a pequena taxa de processamento poderá ser considerada no preço de varejo.

Adicione vendas por assinatura

Jornais, revistas e outros produtos usados regularmente prestam-se a pagamentos antecipados em troca de uma série de entregas futuras do produto.

Além de garantir vendas futuras para a empresa, um sistema de assinatura tem a vantagem de gerar caixa antes de incorrer em despesas significativas.

Se você tem um produto ou serviço que é comprado por seus clientes regularmente, considere instituir um programa de assinatura.

E não achei que os programas de assinatura são só para jornais ou revistas. Hoje em dia já há programas de assinatura para livros, maquiagem, até objetos de papelaria e até alimentos!

Agora que você já sabe como vender mais com nossas 8 dicas sobre o assunto, lembre-se que será preciso uma boa gestão financeira para garantir que a receita adquirida seja bem gasta. Leia: O que é Gestão Financeira e porque me preocupar com isso!