/ Finanças

Ponto de equilíbrio financeiro: o que é e como calcular

O ponto de equilíbrio financeiro, conhecido também como break-even point, é útil para negócios ou finanças pessoais.
Embora a premissa dos pontos de equilíbrio financeiro para empresas ou finanças pessoais sejam iguais, as decisões que eles ajudam a fazer são bem diferentes.
Em ambos os casos, é importante entender os fundamentos da análise do ponto de equilíbrio para sua pequena empresa ou seu próprio orçamento pessoal.
Mas no artigo de hoje não vamos falar sobre finanças pessoais, e sim sobre finanças empresariais. Vamos entender o ponto de equilíbrio financeiro dentro da realidade das organizações.
Ficou interessado? Então continue a leitura.

O que é ponto de equilíbrio financeiro?

O ponto de equilíbrio financeiro é o ponto em que as vendas de uma empresa cobrem exatamente suas despesas e, assim, esses valores se equilibram.
Isso permite que você descubra exatamente quanto você deve vender no nível atual de custos para evitar perdas.
Quando as receitas excedem todas as despesas de uma organização, a empresa pode começar a obter lucro. Depois de identificar seus custos fixos e variáveis, você pode calcular o ponto de equilíbrio financeiro da sua empresa.
Custos fixos são aqueles que não mudam proporcionalmente a uma mudança nas vendas. Os custos variáveis, no entanto, aumentam à medida que as vendas aumentam ou diminuem à medida que as vendas diminuem.
Leitura recomendada: Entenda os tipos de custos: diretos, indiretos, fixos e variáveis
Você pode verificar regularmente a saúde do seu negócio, comparando as vendas obtidas com o ponto de equilíbrio.
Para calcular com precisão seu ponto de equilíbrio, os custos fixos e variáveis nos quais você baseia o cálculo devem estar corretos.

Como calcular o Ponto de Equilíbrio Financeiro?

Muitos empresários não entendem a importância do ponto de equilíbrio e como ele pode ser calculado. Vamos explicar isso a seguir.
Antes de calcular o ponto de equilíbrio, você deve primeiro determinar a margem de contribuição de cada unidade vendida.
A margem de contribuição é o ponto em que as receitas excedem as despesas variáveis do negócio, portanto, você as calcula subtraindo as despesas variáveis totais das receitas.

Veja a fórmula:
Margem de Contribuição = Preço – Custos e Despesas Variáveis

Finalmente, calcule o ponto de equilíbrio dividindo o total de despesas fixas do seu negócio pela margem de contribuição. Assim:
PEF = (Despesas fixas em R$) / Margem de Contribuição
Se você está usando valores anuais, então este é o ponto durante o ano em que suas despesas são iguais às suas receitas e seu próximo real adquirido é lucro.

Exemplificando

Para entendermos melhor como calcular o ponto de equilíbrio financeiro, nós trouxemos um exemplo. Imagine uma empresa que produza e venda, exclusivamente, lápis feitos de madeira de reflorestamento.
A empresa calculou que possui custos fixos que consistem em seu arrendamento, depreciação de seus ativos, salários de executivos e impostos sobre propriedade.
Esses custos fixos somam R$ 60.000. Estamos calculando este valor para um produto específico: o lápis.
Os custos variáveis associados à produção do lápis são matéria-prima, mão de obra da fábrica e comissões de vendas. Os custos variáveis foram calculados em R$ 0,80 por unidade. O lápis custa R$ 2,00 cada.
Dadas essas informações, podemos calcular o ponto de equilíbrio para o produto dessa empresa, usando as fórmulas apresentadas acima:

Margem de Contribuição = 2,00 – 0,80 = R$ 1,20
Ponto de equilíbrio financeiro = R$ 60.000 / 1,20 = 50.000 unidades

O que essa resposta significa é essa empresa de ecolápis tem que produzir e vender 50.000 lápis para cobrir suas despesas totais, fixas e variáveis.
Se ela vender exatamente essa quantidade, não terá lucro, mas também não terá prejuízo. Se ela vender menos que isso, terá prejuízo; e se vender mais, terá lucro.

O que acontece ao ponto de equilíbrio financeiro se meu padrão de vendas mudar?

Se a economia está em recessão, suas vendas podem cair. Se as vendas caírem, você corre o risco de não vender o suficiente para atingir seu ponto de equilíbrio. E aí, o que fazer?
No exemplo da empresa de ecolápis, você pode não vender as 50.000 unidades necessárias para chegar ao seu equilíbrio, e pode acabar levando prejuízo. Nesse caso, você não poderá pagar todas as suas despesas. O que você pode fazer nesta situação?
Se você observar a fórmula de equilíbrio, verá que há duas soluções para esse problema: você pode aumentar o preço de seu produto ou encontrar maneiras de reduzir seus custos, tanto fixos quanto variáveis.
A maioria dos empreendimentos não quer aumentar o preço de seus produtos em tempos de crise, pois acreditam que o público não reagirá bem a isso. Por isso, vamos tentar reduzir os custos.

Exemplificando

Vamos usar o mesmo universo anterior: da empresa de lápis. Digamos que você encontre uma maneira de reduzir o custo de suas despesas gerais ou fixas, reduzindo seu próprio salário em R$ 10.000.
Isso faz com que seus custos fixos caiam de R$ 60.000 para UR$ 50.000. Usando a mesma fórmula e mantendo todas as outras variáveis iguais, o ponto de equilíbrio financeiro seria:

Ponto de equilíbrio financeiro: R$ 50.000 ÷ (R$ 2.00 - R$ 0,80) = 41.666 unidades

Previsivelmente, cortar seus custos fixos diminui seu ponto de equilíbrio.
Outra possibilidade é reduzir os custos variáveis. Veja só:
Se você reduzir seus custos variáveis cortando seus custos de mercadorias vendidas para R$ 0,60 por unidade, por outro lado, seu ponto de equilíbrio, mantendo as outras variáveis iguais, torna-se:

Ponto de equilíbrio financeiro: R$ 60.000 ÷ (R$ 2.00 - R$ 0,60) = 42.857 unidades

A partir dessa análise, você pode ver que, se puder reduzir as variáveis de custo, poderá reduzir seu ponto de equilíbrio financeiro sem precisar aumentar seu preço.
Viu como entender o que é e como calcular o ponto de equilíbrio financeiro é essencial para os negócios? Esperamos que você tenha gostado do artigo. Acesse o nosso blog para ver mais conteúdos sobre gestão financeira.

CTA-KRK-2--Relat-rios-

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More