/ Gestão

Como montar uma empresa em 10 passos simples

Para a maioria das startups brasileiras, a criação de um negócio é rápida, barata e fácil. Na verdade, é possível montar um negócio em um dia! Quer saber como montar uma empresa? Esse é o tema do nosso artigo de hoje.

Este artigo é sobre os aspectos práticos sobre como montar uma empresa. Aqui estão as 10 etapas necessárias para iniciar um negócio com sucesso.

Dê um passo de cada vez e você estará no caminho certo para ter sucesso na posse de uma pequena empresa.

Etapa 1: faça sua pesquisa

Muito provavelmente você já identificou uma ideia de negócio, então agora é hora de equilibrá-la com a realidade.

Sua ideia tem potencial para ter sucesso? Você precisará executar sua ideia por meio de um processo de validação antes de prosseguir.

Para que uma pequena empresa seja bem-sucedida, ela deve resolver um problema, suprir uma necessidade ou oferecer algo que o mercado queira.

Há várias maneiras de identificar essa necessidade, incluindo pesquisa de mercado, grupos focais e até tentativa e erro. Ao explorar o mercado, algumas das perguntas que você deve responder incluem:

  • Há necessidade de seus produtos / serviços previstos?
  • Quem precisa disso?
  • Existem outras empresas que oferecem produtos / serviços similares agora?
  • Como é a competição?
  • Como seu negócio se irá se encaixar no mercado?

Etapa 2: faça um plano de negócios

Muitas empresas hoje em dia começam sem um plano de negócios e vão se descobrindo aos poucos, entretanto, se você tiver a oportunidade de fazer um, faça.

Um plano de negócios é um plano que orientará sua empresa desde a fase inicial até o estabelecimento e, eventualmente, o crescimento dos negócios, e é essencial para todos os novos negócios.

A boa notícia é que existem diferentes tipos de planos de negócios para diferentes tipos de empresas.

Se você pretende buscar apoio financeiro de um investidor ou instituição financeira, um plano de negócios tradicional é necessário. Esse tipo de plano é geralmente longo e completo e tem um conjunto comum de seções que investidores e bancos procuram quando validam sua ideia.

Se você não pretende buscar apoio financeiro, um simples plano de negócios de uma página pode lhe dar clareza sobre o que você espera alcançar e como planeja fazê-lo.

Na verdade, você pode até mesmo criar um plano de negócios escrevendo na parte de trás de um guardanapo e melhorá-lo ao longo do tempo.

Qualquer tipo de plano por escrito é melhor que nada.

Etapa 3: planeje suas finanças iniciais

Começar um pequeno negócio não tem que exigir muito dinheiro, mas envolverá algum investimento inicial, bem como a capacidade de cobrir as despesas em curso antes que você esteja obtendo lucro.

Montar uma planilha que calcule os custos iniciais de sua empresa (licenças e autorizações, equipamentos, taxas legais, seguros, pesquisa de mercado, eventos de inauguração, etc.), bem como o que você espera precisar para manter o seu negócio funcionando por pelo menos 12 meses (aluguel, utilitários, marketing e publicidade, produção, suprimentos, despesas de viagem, salários dos empregados, seu próprio salário, etc.).

Etapa 4: escolha uma estrutura de negócios

Perante a lei, existem diversos portes para diferentes empresas. É preciso escolher qual será o porte da sua (isso pode ser mudado posteriormente).

Se seu negócio está apenas começando você pode ser um MEI (se você não tiver sócios e suas atividades se enquadrarem nas atividades permitidas pelo microempreendedor individual) ou quem sabe uma microempresa (porte um pouco maior).

O porte do negócio escolhido afetará muitos fatores, desde o nome da sua empresa até a forma como você arquiva seus impostos e quanto paga de imposto.

Você pode escolher uma estrutura de negócios inicial e depois reavaliar e alterar sua estrutura à medida que sua empresa cresce e precisa ser alterada.

Dependendo da complexidade do seu negócio, pode valer a pena conversar com um advogado para garantir que você está fazendo a escolha de estrutura certa para o seu negócio.

Etapa 5: escolha e registre o nome da sua empresa

Muitas pessoas pensam em como montar uma empresa, mas esquecem que escolher o nome também é etapa fundamental.

O nome da sua empresa desempenha papel importante em quase todos os aspectos do seu negócio, então você quer ter um bom nome.

Certifique-se de pensar em todas as possíveis implicações ao explorar suas opções e escolher o nome da sua empresa.

Depois de escolher um nome para sua empresa, você precisará verificar se está registrado ou em uso no momento. Se não estiver, basta registrá-lo.

Não se esqueça de ver se o nome escolhido tem domínio disponível na web. Você não querer ter uma marca consolidada e nenhum site.

Etapa 6: obtenha licenças e permissões

A papelada é parte do processo quando você inicia seu próprio negócio.

Há uma variedade de licenças e permissões para pequenas empresas que podem se aplicar à sua situação, dependendo do tipo de empresa que você está iniciando e de onde você está.

Você precisará pesquisar quais licenças e autorizações se aplicam à sua empresa durante o processo de inicialização.

Etapa 7: escolha seu regime tributário

Se você optar por ser um MEI, seu sistema contábil será o Simples Nacional e você pagará uma taxa fixa de imposto por mês, independentemente do valor de notas fiscais emitidas.

Já no caso de microempresas, pode ser mais vantajoso optar pelo lucro real ou lucro presumido.

Seu sistema de contabilidade é necessário para criar e gerenciar seu orçamento, definir suas tarifas e preços, realizar negócios com outras pessoas e arquivar seus impostos.

Dependendo do porte da sua empresa, você pode fazer isso por conta própria, no entanto, às vezes é necessário contratar um contador.

Leitura recomendada: Regime tributário: conheça os tipos e saiba como escolher o melhor

Etapa 8: defina onde estará localizada sua empresa

A definição do seu local de trabalho é importante para a operação do seu negócio, quer você tenha um escritório em casa, trabalhe em um coworking ou tenha uma loja no comércio local.

Você precisará pensar sobre sua localização, equipamentos e configuração geral e verificar se o local de sua empresa funciona para o tipo de negócio que você fará.

Você também precisará considerar se faz mais sentido comprar ou alugar seu espaço comercial.

Na hora de fazer a abertura legal da empresa, também é necessário disponibilizar um endereço para a criação do seu CNPJ.

Em alguns casos, devido ao tipo de serviço ou produto oferecido, é necessário aval do Corpo de Bombeiros da sua cidade.

Etapa 9: Prepare sua equipe

Se você vai contratar funcionários, agora é a hora de iniciar o processo.

Certifique-se de ter tempo para descrever os cargos que você precisa preencher e as responsabilidades do trabalho que fazem parte de cada posição.

Se você não está contratando funcionários, mas terceirizando o trabalho para contratados independentes, agora é a hora de trabalhar com um advogado para obter o seu contrato de prestação de serviços e iniciar sua pesquisa.

Por fim, se você é um verdadeiro microempreendedor individual, você pode não precisar de funcionários ou contratados, mas você ainda precisará de sua própria equipe de suporte.

Essa equipe pode ser composta por um mentor, um amigo ou até mesmo sua família, e serve como seu recurso para aconselhamento, motivação e tranquilidade quando a estrada fica irregular.

Etapa 10: promova sua pequena empresa

Uma vez que seu negócio esteja funcionando, você precisa começar a atrair clientes. Você pode querer começar um plano de marketing básico ou ir por tentativa e erro.

De toda forma, explore o máximo possível de ideias de marketing para pequenas empresas para poder decidir como promover sua empresa com mais eficiência.

Depois de concluir essas atividades de negócios, você terá todas as bases mais importantes cobertas.

Tenha em mente que o sucesso não acontece durante a noite. Mas use o plano que você criou para trabalhar consistentemente em seus negócios e você aumentará suas chances de sucesso.

Agora que você sabe como montar uma empresa, que tal aprender a administrá-la bem? Leia: Como administrar pequena empresa: 7 passos para empreender melhor

CTA-KRK-2--Relat-rios--36

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More