Você sabe o que é CAC? O CAC, Custo de Aquisição de Cliente, é um indicador utilizado por empresas de diversos setores, em diversas partes do mundo.

Hoje em dia, com a alta competitividade do mercado, empresas buscam diferentes formas de reduzir seus custos operacionais para terem a possibilidade de continuarem investindo em inovação e melhorias para seus processos, produtos e serviços.

Dessa forma, com esse tipo de investimento interno em alta, é possível se manter sempre atualizado diante das novidades e realizar as mudanças necessárias para não ficar para trás.

Saber o que é CAC é de extrema importância para auxiliar a gestão financeira do seu negócio.

Com a leitura do artigo de hoje, você saberá exatamente o que é CAC e como calcular esse indicador tão útil. Vamos lá?

O que é CAC?

Geralmente, o CAC é um indicador utilizado pelos setores de marketing e/ou vendas de uma empresa.

CAC, como já mencionamos, é uma sigla cujo significado é Custo de Aquisição de Cliente. Esse é um demonstrativo que indica, como seu próprio nome nos indica, qual é o custo para aquisição de um cliente.

O CAC irá mensurar o custo que uma empresa tem ao investir em diferentes recursos para atrair possíveis consumidores e transformá-los em clientes de fato.

Você pode entender, então, o CAC como um cálculo que leva em consideração todos os custos realizados com marketing e vendas utilizados com o objetivo final de aumentar a receita do empreendimento.

Por que é importante aprender o que é CAC?

Agora que você já sabe o que é CAC, é necessário que você entenda a importância, e o impacto, que esse indicador possui para a gestão da sua empresa.

Existem vários motivos que fazem o uso do indicador CAC essencial para uma administração interna. Nós iremos citar tais motivos para você logo a seguir. Continue a leitura!

  • Análise de dados: a partir do resultado obtido com o cálculo do CAC, é possível realizar uma análise de dados com o objetivo de compilar outras informações e de chegar a conclusões assertivas.

Com base no número do CAC, você pode, com certeza, determinar se o resultado foi de acordo com o esperado ou não.

Pode ser que o cálculo final indique um número muito elevado e, por diferentes motivos, esse não é um cenário desejado.

Ao saber, exatamente, o quanto a sua empresa está gastando para prospectar clientes, é possível realizar diferentes análises a respeito se o dinheiro tem sido investido da melhor maneira ou não.

Com base no resultado do CAC, você pode pensar: será que estamos gastando mais do que ganhando? Todos os custos para prospecção têm valido a pena?

Ao realizar o cálculo do CAC, será possível fazer essas importantes análises e, assim, tomar decisões que sejam saudáveis para a empresa.

  • Redução de custos: como consequência do cálculo do Custo de Aquisição de Cliente e, até mesmo, da análise de dados, será possível realizar redução de custos quando, e se, necessário.

Ao realizar o cálculo do CAC, pode-se perceber que tem sido gasto mais dinheiro do que é obtido como receita.

E, diante disso, será necessário fazer ajustes no orçamento para reduzir o Custo de Aquisição de Clientes.

Para chegar até o cálculo final do CAC, como você verá mais à frente, será necessário saber quanto é gasto com cada recurso utilizado para captação de novos clientes.

Assim, quando necessário, será muito mais fácil decidir em qual área, ou qual recurso, realizar as reduções.

  • Direcionamento de ações: com base no número obtido para o CAC, você terá um direcionamento claro de quais devem ser os próximos passos da sua empresa em relação à prospecção de novos clientes.

Você pode julgar qual investimento está trazendo um melhor retorno, pode analisar quais ações estão saindo caras sem trazer o retorno desejado.

Ao calcular o CAC da sua empresa, você conta com os benefícios de um indicador que irá te direcionar em relação a como agir diante da sua atual situação.

Como todo indicador, o CAC te proporciona um embasamento concreto para a tomada de decisões e, com certeza, esse benefício é muito interessante para uma gestão eficaz.

Mas, agora que você já sabe o que é CAC e a importância que esse indicador possui para empresas que buscam resultados de sucesso, está na hora de aprender como calcular o Custo de Aquisição de Cliente.

Como realizar o cálculo do CAC?

O cálculo que deve ser realizado para chegar ao valor final do CAC não é complicado. Para tal, podemos utilizar a seguinte fórmula:

CAC = Soma dos investimentos (em marketing e vendas) / Nº de compradores

Simples, não é mesmo? Basta somar todos os investimentos que foram realizados e dividir pelo número de compradores (clientes, de fato) nesse mesmo período no qual os investimentos foram realizados.

Como resultado, você obterá um valor que corresponde ao que foi investido para obter um novo cliente.

A partir desse resultado, ainda é possível compará-lo com outros indicadores.

Você pode, por exemplo, comparar o seu CAC com o seu ticket médio das vendas ou com a receita média que cada cliente te oferece em retorno.

Para que você entenda um pouco melhor, o ticket médio de vendas corresponde a um valor que, em média, é gasto pelos seus clientes com uma compra.

Caso esses outros dois indicadores, o ticket médio e a receita média, sejam maiores que o seu Custo de Aquisição de Cliente, melhor será para a sua empresa.

Caso o oposto ocorra, você saberá que o seu CAC está muito alto e que, atualmente, a sua empresa está gastando mais para prospectar um novo cliente do que o mesmo oferece em retorno.

Interessante como um indicador pode ajudar tanto na vida financeira de um empreendimento, não é mesmo?

Não perca mais tempo e comece a mensurar qual é o seu Custo de Aquisição de Cliente hoje mesmo.

Aproveite que agora você já sabe o que é CAC e aprenda mais sobre Taxa Interna de Retorno. Assim você poderá fazer uma análise ainda mais profunda do seu Custo de Aquisição de Cliente e ter certeza de que seu negócio está trilhando o caminho certo.

CTA-KRK-3--Contratos-