Se você é um investidor ou planeja tornar-se um, é importante saber o que é rentabilidade e conhecer as maneiras de alcançá-la sem correr grandes riscos.

Um dos maiores desafios para os investidores é manter seu índice de rentabilidade sempre crescente, podendo conduzir os investimentos com segurança.

Porém, muitos investidores se preocupam em obter altos rendimentos em seus negócios sem saber exatamente o que é rentabilidade, um conceito que deveria ser dominado antes do início dos investimentos.

Neste artigo, vamos não só explicar esse conceito como também enumerar quais são os três tipos de rentabilidade e detalhar informações sobre cada um deles.

É claro que você ficou curioso. Nada melhor do que ter segurança para fazer o seu capital render. Então, fique atento aos próximos tópicos e dê os primeiros passos para tornar-se um investidor bem sucedido.

Na prática, o que é rentabilidade?

A rentabilidade pode ser definida como o índice de remuneração do capital aplicado. Em outras palavras, rentabilidade é o retorno obtido com o investimento.

Ou seja, trata-se da diferença positiva entre o valor investido e o valor final encontrado após um período específico.

Se você investe, por exemplo, R$ 10.000,00 e, após um tempo, obtém R$ 15.000,00, a diferença de R$ 5.000 é a rentabilidade do investimento.

É importante dizer que rendimento e rentabilidade não são sinônimos. Enquanto o rendimento é, na prática, o valor do lucro obtido, a rentabilidade é a previsão de remuneração do investimento.

Conhecendo as características da rentabilidade para cada tipo ou grupo de investimentos, você poderá fazer escolhas assertivas na hora de investir.

Além de saber o que é rentabilidade, fazer essa análise das oportunidades de investimentos, analisando a rentabilidade de cada uma, é também uma iniciativa fundamental para se tornar um bom investidor.

Com acesso à previsão de rentabilidade de todas as suas possibilidades de investimento, você consegue calcular qual delas terá o melhor retorno e, assim, tomar a melhor decisão.

Nos tópicos seguintes, vamos abordar os três tipos de rentabilidade nos investimentos, para que o seu conhecimento vá além de saber o que é rentabilidade e se torne mais eficaz para te ajudar em suas escolhas.

Tipos de rentabilidade

Agora que você já sabe o que é rentabilidade, vamos falar sobre suas diferentes formas, ou seja, sobre as maneiras como a rentabilidade pode ser enquadrada.

Existem três tipos de rentabilidade possíveis nos investimentos: a rentabilidade nominal, a rentabilidade líquida e a rentabilidade real. Vamos saber mais sobre cada um deles em seguida.

Teste agora Keruak - Gerencie Contratos

Rentabilidade nominal

A rentabilidade nominal é o valor bruto do rendimento do investimento em um determinado período. Ou seja, é o valor do rendimento sem descontos.

Esse tipo de rentabilidade é calculado antes da incidência de taxas e impostos, ou seja, é o rendimento geral que não leva os descontos em consideração.

Assim, não é difícil ter acesso a taxa de rentabilidade nominal de um investimento. Essa informação geralmente é divulgada pelas instituições financeiras.

É interessante, a partir do conhecimento da rentabilidade nominal, acompanhar os investimentos comparando-os com outras possibilidades similares. Dessa maneira, você consegue visualizar se está tendo um bom retorno.

Caso o retorno não seja satisfatório, você tem as informações necessárias para procurar melhores opções de investimentos.

Rentabilidade Líquida

Já a rentabilidade líquida considera as taxas e os impostos incidentes sobre o investimento. Trata-se portanto, da rentabilidade nominal após a incidência dos chamados custos do investimento.

Com o cálculo desse índice de rentabilidade, você encontra o valor exato dos lucros obtidos com o investimento ao longo de um tempo determinado.

A rentabilidade líquida também possibilita a verificação dos impactos dos custos do investimento sobre sua lucratividade e a observação de outros investimentos que impactam menos os rendimentos.

Rentabilidade Real

Muitos especialistas em finanças afirmam que a rentabilidade real é a mais relevante a ser considerada pelos investidores.

Trata-se, do cálculo do rendimento da aplicação após o desconto da variação inflacionária.

Na prática, a rentabilidade real é a grande responsável pelo aumento de um patrimônio investido e é por isso que os analistas financeiros a valorizam tanto.

Se seu investimento rendeu o mesmo percentual da inflação em um período específico, você obteve um resultado positivo, pois manteve seu poder de compra.

Em outras palavras, você consegue comprar com o capital destinado ao investimento os mesmos produtos tanto antes quanto depois do período em que o dinheiro foi investido.

Por outro lado, se o seu capital render menos do que a variação inflacionária, podemos dizer que você perdeu poder de compra. Ou seja, após o período de investimento, não será possível adquirir a mesma quantidade de produtos com o dinheiro investido.

Para saber se o seu investimento teve ou não uma rentabilidade acima da inflação, é preciso determinar qual índice inflacionário será a sua referência.

Na atualidade, o índice mais usado é o IPCA (Índice de Preço do Consumidor Amplo) e acompanhá-lo pode ser um grande passo na tomada de decisões quanto aos seus investimentos.

Com as informações sobre a variação inflacionária, seja por meio do IPCA, seja utilizando outros índices, você consegue calcular a rentabilidade real de seus investimentos e compará-la com o seu rendimento nominal para saber se seus resultados foram positivos ou negativos.

Assim, é possível acompanhar o crescimento do seu patrimônio e garantir a manutenção do seu poder de compra.

Considerações finais

Obviamente saber o que é rentabilidade é um passo fundamental para se tornar um investidor de sucesso, já que é a partir desse conceito que você consegue calcular o crescimento do seu patrimônio e a manutenção ou aumento do seu poder de compra.

Mas, depois da leitura deste artigo, você certamente vai querer se aprofundar em outros assuntos que te auxiliarão a manter sua empresa e seus investimentos em um patamar lucrativo.

Você já deve ter percebido que no nosso blog é possível encontrar artigos sobre diversos assuntos que te auxiliarão na gestão de sua empresa, vamos indicar a leitura dos posts sobre liquidez e segurança financeira, que trazem informações sobre conceitos que, ao lado da rentabilidade, são os pilares a serem considerados no momento de fazer um investimento.

Como não basta saber o que é rentabilidade, também indicamos a leitura do artigo “KPI financeiro: saiba ainda hoje quais você deve monitorar” que vai te explicar como acompanhar os índices financeiros corretos para sua empresa e para as decisões favoráveis relacionadas aos seus investimentos.

Teste agora Keruak - NF e Cobranças