/ Finanças

Entenda o que é capital financeiro e como utilizar na sua empresa

Saber o que é capital financeiro é extremamente importante para quem deseja empreender ou já tem uma empresa, sendo um fator de peso na realização da gestão financeira do negócio.

Basicamente, ele é a soma do capital bancário da empresa com o capital produtivo. Muitos conceitos, não é mesmo? Não se desespere! Após ler este texto, você vai saber:

  • O que é capital financeiro;
  • Como utilizá-lo em sua empresa;
  • Por que ele é importante.

O objetivo é que você entenda o capital financeiro como algo imprescindível para manter a saúde do seu negócio. Então, vamos lá!

O que é capital financeiro?

O capital financeiro de uma empresa é a soma do dinheiro que ela tem (capital bancário) com a quantia que o negócio tem empregado em investimentos, ações etc. (capital produtivo).

Ou seja, para um administrador saber quanto tem realmente de capital, ele precisa considerar não apenas o dinheiro que possui em banco, como também aquele adquirido por transações financeiras.

Ficou confuso? Vamos entender por meio de um exemplo.

Fernanda é empreendedora e tem uma empresa de bolos confeitados. Ela possui hoje no banco (em conta-corrente e poupança, ambas da empresa) R$ 30 mil.

Porém, Fernanda tem o costume de realizar investimentos para rentabilizar seu dinheiro, o que faz com que ela hoje tenha uma quantia aplicada que, com juros, contabiliza R$ 50 mil.

Para que ela descubra qual o capital financeiro da empresa, ela precisa fazer uma conta simples:

CF = CB + CP

Em que: CF – Capital Financeiro; CB – Capital Bancário; CP – Capital Produtivo.

No caso de Fernanda, temos:

CF = CB + CP

CF = 30 mil + 50 mil

CF = 80 mil

A empreendedora do nosso exemplo possui atualmente R$ 80 mil de capital financeiro. É claro que Fernanda não tem os R$ 50 mil de investimentos em mãos, mas trata-se de um valor que pode ser facilmente convertido em dinheiro.

Com esse conhecimento, ela consegue ter um bom panorama das finanças corporativas, podendo tomar as melhores decisões para o negócio.

Você pode estar se perguntando: por que é importante que o empreendedor saiba quanto de capital financeiro ele possui? Ou seja, como ele pode ser utilizado na empresa? Veja a seguir.

Como utilizar o capital financeiro no meu negócio?

Para entender como utilizar o capital financeiro em seu negócio, vamos pensar em sua própria vida financeira! Isso mesmo: você, pessoa física.

Se você costuma fazer investimentos, provavelmente gosta de acompanhar quanto eles estão rendendo e ter consciência de que esse dinheiro é seu, não é mesmo?

Além disso, é importante saber quanto você tem em conta-corrente, poupança e investimentos para o caso de precisar da quantia em emergências ou até mesmo realizar novos investimentos.

2019Maio29-KERUAK-campanha-CTA-DRE-semlogo-v2

E por que seria diferente com uma empresa? Você sabia que não reinvestir no próprio negócio, por exemplo, é um dos erros financeiros mais comuns que empresas cometem?

Quando o dono do negócio sabe exatamente o capital financeiro que a empresa possui, ele pode tomar decisões estratégicas de investimentos internos, seja em maquinário, pessoas, desenvolvimento de novos produtos etc. – tudo visando manter o crescimento do negócio.

Em nosso exemplo, Fernanda pode se programar para ampliar o espaço físico da empresa de forma a poder atender a mais pessoas que desejam experimentar os bolos que ela faz.

Essa pode inclusive ser uma chance de expandir o próprio negócio, ofertando outros tipos de produtos, como docinhos e cupcakes.

Perceba que estamos falando sobre a relevância de gerir muito bem os recursos financeiros da empresa. Veja oito dicas para fazer esse gerenciamento de forma eficaz clicando aqui.

Ao ter um capital financeiro robusto, você pode pensar em algumas estratégias de crescimento que, quando bem-feitas, geram retorno de capital, como:

  • Abrir novas unidades (caso seu modelo de negócios permita);
  • Diversificar seus canais venda (ter forte presença digital, por exemplo, e pensar em estratégias de marketing nesse meio);
  • Promover a automação empresarial, que permite ter mais segurança de dados, além de aumentar a produtividade da equipe e reduzir algumas despesas operacionais;
  • Disponibilizar novos produtos e serviços, podendo aumentar, por exemplo, a margem de lucro;
  • Ou até mesmo adquirir uma empresa concorrente.

Agora, vamos pensar por outro lado: aumentar o capital financeiro do negócio. Primeiramente, você precisa fazer um bom planejamento financeiro para mapear gastos que podem ser reduzidos e recursos que podem ser otimizados, por exemplo.

Se você precisa que esse aumento seja rápido e grande, uma boa saída é ter um investidor anjo. Trata-se de uma pessoa com capital privado que tem alto patrimônio líquido e experiência em negócios.

Com um investidor anjo, você não apenas ganha em capital, mas também em habilidades de gestão e conhecimento de mercado.

Vimos então que um bom emprego do capital financeiro abre muitas portas para a expansão do negócio. É importante ressaltar, no entanto, que ele não é indicado apenas para ampliar as operações.

A importância do capital financeiro

Vamos voltar a pensar em você mesmo, enquanto pessoa física. A grande maioria das pessoas tem (ou deveria ter) uma reserva financeira para a ocorrência de imprevistos.

Pode ser um problema com o carro que demande um reparo grande, uma reforma inesperada na casa, ou ainda aquele acúmulo de contas que temos todo início de ano (IPVA, IPTU, entre outros).

Quando não temos uma reserva financeira, tudo isso fica mais difícil de ser gerenciado. Agora imagine em uma empresa!

Se o negócio não possui capital financeiro bem planejado, ele pode passar por adversidades que comprometam o seu funcionamento ou sua ampliação. Entre elas, podemos destacar:

Momentos de crise

É comum que um país passe por crises financeiras ou até mesmo políticas. Esses problemas interferem diretamente no mercado, que reage de acordo com as movimentações da economia do lugar.

Ou seja, se houver uma crise e as vendas do seu negócio caírem exponencialmente, é preciso ter capital financeiro para lidar com o momento e manter a continuidade da empresa até que tudo se normalize.

Expansão das operações

A meta de um empreendedor é sempre expandir seu negócio, e o capital financeiro é essencial nesse movimento. Isso porque ele é uma estratégia pautada em investimento direto e visão a longo prazo.

Então, se você tem planos de crescer em determinado período, pode começar a movimentar seu capital financeiro, principalmente nos investimentos, para ter um retorno que permita ampliar suas operações.

Como você viu, o capital financeiro traduz a disponibilidade de dinheiro que a empresa tem. Sendo ela positiva, o negócio fica menos suscetível às mudanças de mercado e preparado para oportunidades de crescimento. Você também deve acompanhar outros indicadores para ter uma visão completa da sua empresa. Leia mais sobre o assunto em: Os 9 principais indicadores financeiros que você deve acompanhar.

2019Maio29-KERUAK-campanha-CTA-DRE-semlogo-v1-1

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More