24,4% das empresas no Brasil fecham as portas em menos de 2 anos. Quem traz essa porcentagem ao nosso conhecimento é o SEBRAE, cujo relatório compilado apontou que a causa desse resultado são as dificuldades com finanças. Não é novidade para ninguém que a vida financeira de um negócio é o seu coração. Diante disso, queremos perguntar: o que você sabe sobre finanças corporativas?

Esse assunto está diretamente ligado ao seu sucesso financeiro, e profissionais com mais experiência no ramo sabem que manter as finanças corporativas em dia é parte essencial para o sucesso da gestão nesse setor.

Contudo, ainda assim, é comum muitos gestores não darem a devida atenção a esse processo.

Mas nós queremos te ajudar a entender, de fato, o que são as finanças corporativas, qual a sua aplicabilidade dentro do seu empreendimento e como você pode tomar decisões financeiras assertivas.

Tendo conhecimento desse assunto, você irá realizar uma gestão financeira bem mais produtiva, alcançar melhores resultados e ficar de fora dos percentuais que tanto assustam diversos empreendedores.

Continue a leitura!

O que são, afinal, as finanças corporativas?

A definição de finanças corporativas nos diz que essa é uma área responsável por tomar as decisões financeiras de um empreendimento.

Para que essas decisões sejam tomadas, são utilizadas ferramentas específicas e análises de dados.

O objetivo principal das finanças corporativas consiste em valorizar a empresa ao lidar com riscos financeiros.

Basicamente, as finanças corporativas vão envolver todas as atividades relacionadas à vida financeira da empresa.

E, com isso, você pode imaginar que esse assunto envolve muito mais do que apenas o controle de contas a pagar e a receber.

Por que as finanças corporativas são importantes?

Seja como consumidor ou empresário, você deve ter percebido que o mercado passou por muitas mudanças, principalmente, com a crescente popularização da internet que se intensificou nos anos 2000.

A internet possibilitou aos consumidores acesso a diferentes oportunidades. Ou seja, a diferentes empresas.

Com poucos cliques, você pode encontrar diversos empreendimentos oferecendo seus produtos e serviços.

Diante disso, sabemos que a competitividade entre as empresas é enorme e, para continuar com os resultados desejados, é importante se destacar.

Muitas pessoas que administram negócios podem pensar que esse destaque se obtém através de inovação. Esse pensamento não é errado.

Contudo, engana-se quem pensa que o destaque no mercado vem, apenas, a partir da inovação em relação aos produtos e serviços.

Para se destacar no mercado no qual a sua empresa está inserida, realizar uma boa gestão das finanças corporativas é essencial.

2019Maio29-KERUAK-campanha-CTA-DRE-semlogo-v2

Entenda o impacto da gestão das finanças corporativas em uma empresa

A gestão das finanças corporativas é importante porque ela guia a empresa à uma posição saudável, a partir da qual é possível se manter no mercado e, então, colocar em prática ações que irão contribuir para o seu destaque.

A área das finanças corporativas desempenha funções estratégicas que apoiam a tomada de decisões cruciais para a empresa.

Essas funções estratégicas vão trazer as informações que você precisa para tomar as decisões certas.

Ao tomar as decisões certas, maiores são as chances de você continuar com estabilidade no mercado e, até mesmo, conseguir expandir o seu negócio.

Mas, você deve estar se perguntando: quais são essas funções estratégicas que ajudam a empresa? Iremos te mostrar logo a seguir como você pode tomar decisões assertivas a partir da gestão das finanças corporativas.

Como as finanças corporativas te ajudam a tomar as melhores decisões

Ao falar sobre a definição de finanças corporativas, mencionamos que essa é uma área responsável pela tomada de decisões. Vamos ver a seguir como isso é possível:

Controle de contas a pagar e a receber

Falamos que as finanças corporativas não se resumem apenas ao controle de contas a pagar e a receber. Mas isso não significa que esse controle deve ser menosprezado.

Saber exatamente aquilo que você ainda precisa pagar no mês e o que você ainda tem a receber dos seus clientes é essencial para que você tenha uma ampla visão da sua situação financeira.

Com esse controle, você pode saber se será possível realizar investimentos, você pode ter uma noção mais apurada de qual será a sua margem de lucro ou, na pior das hipóteses, pode saber se você terá prejuízo e dívidas no final do mês.

Planejamento financeiro

Indo além do controle de contas a pagar e a receber, o planejamento financeiro é algo primordial para a tomada de decisões.

Para realizar um bom planejamento, você deve decidir, primeiramente, o prazo que esse planejamento irá abarcar. Ele será elaborado para um mês, para um trimestre? Um ano? Nada impede a realização de diferentes planejamentos.

Você pode, por exemplo, realizar um planejamento financeiro para três meses e outro para um ano e, ainda, mais um de cinco anos.

A definição dessa periodicidade depende da sua realidade e dos seus objetivos com o uso dessa ferramenta.

Com a realização de um planejamento financeiro, você terá maiores informações para prever o que pode acontecer com a sua empresa e assim tomar as melhores decisões.

Indicadores financeiros

Existem diversos indicadores financeiros que você pode acompanhar para realizar uma boa gestão de finanças corporativas.

Os indicadores relativos ao lucro são extremamente importantes. Como exemplo, podemos citar o faturamento bruto, sendo esse o valor total de tudo o que a empresa recebe como receita, sem serem descontados custos e despesas.

A margem de lucro bruto seria outro indicador, que leva em consideração os custos para a produção da mercadoria que foi vendida.

Ainda, temos o lucro líquido. Esse indicador utiliza o faturamento bruto e reduz todos os custos e despesas da empresa para obter o valor do lucro.

Ao calcular esses números, você sabe, realmente, o quanto a sua empresa oferece de retorno para você. O quanto é necessário para que ela funcione e o quanto ela gera de lucro.

Para saber mais, acesse: Os 9 principais indicadores financeiros que você deve acompanhar

Com essas informações, sejam elas positivas ou negativas, você saberá quais decisões tomar.

As finanças corporativas fazem uso de todas essas informações para tomar as melhores decisões para o seu empreendimento, independente se tal decisão está relacionada diretamente com a área financeira ou com outras áreas da sua empresa.E aí, você gostou de saber mais sobre finanças corporativas? Ainda nessa linha de raciocínio, podemos destacar a importância da educação financeira dentro das empresas para que o seu sucesso seja garantido. Confira nosso artigo sobre o assunto!

2019Maio29-KERUAK-campanha-CTA-DRE-semlogo-v1-1