/ Finanças

O que é VPL e o que esse valor representa para o seu investimento?

Existem diversas formas de saber se um investimento vale a pena, financeiramente falando, ou não. Uma dessas formas é calcular o Valor Presente Líquido, também conhecido como VPL. Hoje vamos te explicar o que é VPL, por que calculá-lo e como descobrir esse número.

Se você se interessou pelo tema, continue a leitura!

O que é VPL e como calculá-lo?

O valor presente líquido (VPL) é a diferença entre o valor presente das entradas de caixa e o valor presente das saídas de caixa ao longo de um período de tempo.

O VPL é usado no orçamento de capital para analisar a rentabilidade de um investimento ou projeto projetado.

A seguir, a fórmula para calcular o VPL:

vpl

Nesta equação:

  • C t = entrada líquida de caixa durante o período t
  • C o = custos totais de investimento inicial
  • r = taxa de desconto e
  • t = número de perodos

Um valor presente líquido positivo indica que os ganhos projetados gerados por um projeto ou investimento excedem os custos previstos.

Geralmente, um investimento com VPL positivo será lucrativo e um investimento com VPL negativo resultará em uma perda líquida.

Esse conceito é a base da Regra do Valor Presente Líquido , que determina que os únicos investimentos que devem ser feitos são aqueles com valores positivos de VPL.

Além da própria fórmula, o valor presente líquido geralmente pode ser calculado usando tabelas, planilhas como o Microsoft Excel ou uma calculadora financeira.

Agora que você sabe o que é VPL e sua fórmula básica, vamos ver como calculá-lo no Microsoft Excel.

O Excel oferece duas funções para calcular o valor presente líquido: VPL e XVPL.

As duas funções usam a mesma fórmula matemática mostrada acima, mas economizam um tempo para o analista calculá-lo em formato longo.

A função VPL regular = VPL () pressupõe que todos os fluxos de caixa em uma série ocorrem em intervalos regulares (ou seja, anos, trimestres, mês) e não permite qualquer variabilidade nesse período de tempo.

A função XVPL = XVPL () permite que datas específicas sejam aplicadas a cada fluxo de caixa para que possam estar em intervalos irregulares.

A função pode ser muito útil, pois os fluxos de caixa geralmente são desigualmente espaçados, e esse nível aprimorado de precisão é necessário.

Por que a análise de valor presente líquido (VPL) é usada?

Você já sabe o que é VPL, mas por que esse valor é tão utilizado?

A análise de VPL é usada para ajudar a determinar quanto vale um investimento, projeto ou qualquer série de fluxos de caixa.

É uma métrica abrangente, pois leva em consideração todas as receitas, despesas e custos de capital associados a um investimento em seu fluxo de caixa.

Além de considerar todas as receitas e custos, também leva em conta o tempo de cada fluxo de caixa que pode resultar em um grande impacto no valor presente de um investimento.

Por exemplo, é melhor ter entradas de caixa mais cedo e saídas de caixa mais tarde, ao contrário do oposto.

Por que os fluxos de caixa são descontados?

Os fluxos de caixa na análise do valor presente líquido são descontados por duas razões principais:

  1. Para ajustar o risco de uma oportunidade de investimento;
  2. Para contabilizar o valor do dinheiro no tempo.

O primeiro ponto (para ajustar o risco) é necessário porque nem todas as empresas, projetos ou oportunidades de investimento têm o mesmo nível de risco.

Em outras palavras, a probabilidade de receber um fluxo de caixa de uma nota do Tesouro Direto é muito maior do que a probabilidade de receber fluxo de caixa de uma startup jovem de tecnologia.

Para dar conta do risco, a taxa de desconto é maior para investimentos mais arriscados e menor para um seguro.

O segundo ponto (para contabilizar o valor do dinheiro no tempo) é necessário porque, devido à inflação, às taxas de juros e aos custos de oportunidade, o dinheiro é mais valioso quanto antes é recebido.

Por exemplo, receber R$ 1 milhão hoje é muito melhor do que R$ 1 milhão recebido daqui a cinco anos. Se o dinheiro é recebido hoje, pode ser investido e ganhar juros, então valerá mais de R$ 1 milhão em cinco anos.

Valor Presente Líquido vs. Taxa Interna de Retorno

Aqui no blog do Keruak você já aprendeu o que é Taxa Interna de Retorno e como calculá-la. Vamos relembrar aqui rapidamente esse conceito.

Taxa interna de retorno, ou TIR, ​​é uma métrica geralmente usada como alternativa ao VPL.

Cálculos de TIR dependem da mesma fórmula que o VPL, apenas com pequenos ajustes. O cálculo da Taxa Interna de Retorno assumem um NPV neutro (um valor de zero) e resolvem a taxa de desconto.

A taxa de desconto de um investimento quando o VPL é zero é a TIR do investimento, representando essencialmente a taxa de crescimento projetada para esse investimento.

Como a Taxa Interna de Retorno é necessariamente anual — refere-se a retornos projetados anualmente — permite a comparação simplificada de uma ampla variedade de tipos e prazos de investimentos.

Por exemplo, a TIR poderia ser usada para comparar a lucratividade esperada de um investimento de três anos com a de um investimento de 10 anos, porque aparece como um valor anualizado.

Se ambos têm uma TIR de 18%, então os investimentos são em alguns aspectos comparáveis, apesar da diferença de duração.

No entanto, o mesmo não é verdade para o Valor Presente Líquido. Ao contrário da TIR, o VPL existe como um valor único aplicando a totalidade de um período de investimento projetado.

Se o período de investimento for superior a um ano, o VPL não contabilizará a taxa de lucros de uma forma que permita uma comparação fácil.

Voltando ao exemplo anterior, o investimento de 10 anos poderia ter um VPL mais alto do que o investimento de três anos, mas isso não é necessariamente uma informação útil, já que o primeiro é mais de três vezes maior do que o segundo.

Agora que você sabe de verdade o que é VPL, veja nossas dicas para se fazer uma boa gestão de custos na empresa clicando aqui.

CTA-KRK-3 (Contratos).

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More