Como empreendedor, você sabe que precisa cuidar muito bem da área financeira para que a sua empresa não entre em colapso, não é mesmo? Por isso, é fundamental entender da gestão de negócio.

Isso significa aplicar estratégias que otimizem os seus recursos, permitindo a viabilidade das suas atividades.

Assim, a administração financeira não fica afetada, o que evita o surgimento de grandes prejuízos.

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas que você precisa seguir sobre a gestão de negócio. Para saber mais, continue a leitura!

Elabore um planejamento estratégico

Para fazer uma gestão de negócio eficiente, é necessário ter planejamento. Nesse caso, o planejamento estratégico se revela essencial, pois é ele quem vai direcionar a organização, auxiliando na definição das missões e objetivos.

Portanto, você precisa estabelecer a direção estratégica da sua empresa, definindo o objetivo de cada estratégia, bem como os seus prazos.

Vale lembrar, ainda, que as questões operacionais, como planos e projetos, devem entrar nessa etapa.

Outro ponto importante é que o planejamento estratégico precisa ser feito periodicamente. Afinal, como o mundo exterior segue em constante modificação, assim como a área interna da sua empresa, é necessário fazer ajustes e adaptações para que os planos possam ser colocados em prática.

Estude sobre finanças e tributos

Um bom empreendedor deve ter os estudos em dia, mas, antes mesmo de dar início a uma empresa, é fundamental entender como funciona o universo das finanças e da tributação.

Afinal, como gerir um negócio sem ter uma base sobre finanças? Complicado, não é mesmo? Portanto, se você não tiver muito conhecimento sobre o assunto, vale a pena buscar cursos (na internet existem alguns inclusive de graça), livros e artigos para aumentar o seu repertório.

Isso vai ajudar você a conhecer as tendências do mercado e entender assuntos econômicos específicos.

Já nesse embalo, aproveite para pesquisar sobre a questão tributária. Isso porque, para funcionar conforme a lei obriga, é necessário pagar os tributos.

Lembre-se que os tributos são obrigatórios para todas as empresas e devem ser pagos em dia, pois, caso contrário, você acumulará multas e juros, o que não é benéfico para a saúde financeira da organização.

Nesse sentido, é importante reservar uma quantia para o pagamento desses tributos com a meta de quitá-los antes dos vencimentos.

Leitura recomendada: Tipos de impostos no Brasil: você conhece todos eles?

Conheça as peças fundamentais da gestão financeira

Como a gestão de negócio está intimamente ligada à gestão financeira, você precisa saber quais são as peças que dominam esse jogo.

Nesse caso, é fundamental fazer o controle de caixa. Com isso, é possível fazer projeções a curto, médio e longo prazo, verificar a existência de pagamentos atrasados e contas a pagar, e, assim, obter maior controle sobre a movimentação financeira do negócio.

Para o fluxo de caixa, você precisa incluir as despesas fixas, como conta de luz, e despesas variáveis, lembrando de realizar o controle de forma periódica, seja semanalmente, seja mensalmente.

Outra peça importante é a gestão dos clientes, focando no cultivo de um relacionamento próximo, saudável e duradouro. Ou seja, em vez de focar apenas na aquisição, é necessário direcionar esforços para a retenção de clientes.

Isso inclui aprimorar os produtos ou serviços oferecidos, conhecer a fundo os consumidores e criar ações que fortaleçam esse laço.

Por fim, mais um item importante na gestão financeira é o giro do estoque. Se você lida com produto, sabe que mercadoria parada significa dinheiro parado.

Portanto, os produtos não devem ficar estocados por longos períodos e, muito menos, faltar quando um consumidor solicita o pedido.

Com isso, é possível concluir que você precisa ter no seu estoque o número de itens de acordo com a sua demanda, possibilitando, assim, um giro eficiente do estoque.

Ter conhecimento sobre isso ainda auxilia na tomada de decisões, pois permite conhecer a quantidade de procura e venda das mercadorias e, assim, decidir quando realizar um pedido ou adiar a compra dele.

Elimine dívidas e fique atento aos empréstimos

O acúmulo de dívidas pode levar uma empresa à falência, por isso, eliminá-las deve ser a sua prioridade.

Tenha em mente que apenas uma dívida é capaz de gerar outras, então a saúde financeira do seu negócio pode ser diretamente comprometida.

Para começar o processo de eliminação e desafogar as contas,você pode definir por ordem de prioridade, os pagamentos que devem ser feitos.

Lembre-se que existem diferentes formas de quitá-las, inclusive por meio de negociações. Afinal, o credor quer receber o seu dinheiro, então ele pode se mostrar flexível a fim de que você cumpra a responsabilidade.

Falando nisso, você certamente sabe que os empréstimos podem acabar resultando em acúmulos de dívidas, não é mesmo? Por isso, caso você precise deles para fazer alguma modificação interna na empresa, por exemplo, tenha muito cuidado.

Antes de solicitar o empréstimo ao banco, é importante analisar as condições de pagamento e os juros, para que assim você consiga descobrir se realmente será capaz de fazer o pagamento em dia sem se enrolar.

Nessa etapa, estude todas as opções com muita cautela, consulta o setor financeiro e faça a comparação entre as alternativas.

Conte com a tecnologia

Você sabia que, atualmente, já existem softwares que auxiliam na gestão do negócio? Se bem utilizados, eles se tornam importantes aliados para a sua empresa.

Existem ferramentas focadas na gestão financeira, cujos sistemas informatizados possibilitam a integração das finanças em único lugar.

Assim, é possível ter maior controle dos processos e segurança ao armazenar os dados do seu negócio.

Outro benefício é que os softwares apresentam uso intuitivo, colaborando na redução do tempo em atividades rotineiras, como cálculos específicos, e gerando relatórios e avaliação de resultados também de forma mais rápida.

Além disso, eles auxiliam na redução de erros humanos e retrabalhos, o que gera maior produtividade.

Vale destacar, ainda, que os softwares automatizam processos como emissão de notas fiscais, controle de contas a pagar e a receber, gestão de contratos e muito mais.

Por isso, pode contar com a tecnologia nesses momentos ajuda no crescimento do seu negócio.

Para que você possa conhecer esses benefícios, recomendamos que consiga alavancar a gestão do negócio com o uso do Keruak, software de gestão financeira. Você pode experimentar a plataforma gratuitamente clicando aqui.

Teste agora Keruak - NF e Cobranças