/ Finanças

Tudo sobre contabilidade: o guia completo nas suas mãos

Você já pensou ser possível saber tudo sobre contabilidade? Bom, no nosso artigo de hoje iremos abordar os principais pontos da contabilidade para você, gestor ou empreendedor, que precisa desse conhecimento.

A contabilidade do nosso país, como muitos sabem, é repleta de burocracias que, na verdade, não nos ajudam em muita coisa.

Diversos empreendedores acabam desistindo de seus empreendimentos ou, até mesmo, cometendo graves erros pela falta de conhecimento no assunto.

Por isso, saber tudo sobre contabilidade é, sim, muito importante.

Com esse conhecimento você irá se prevenir e contribuir para que erros sejam evitados. Porque nós sabemos: alguns erros podem nos custar simplesmente tudo.

Como você não quer que isso aconteça com o seu empreendimento, fique de olho no nosso artigo. Aqui, você saberá tudo sobre contabilidade.

Primeiramente, vamos ver o que é contabilidade? Esse é um conceito importante para que a gente possa continuar o nosso assunto.

O que é contabilidade?

O primeiro passo para você entender tudo sobre contabilidade é entender o que esse conceito significa.

Dessa forma, a contabilidade é o campo de estudo que tem por objeto as variações, tanto qualitativas quanto quantitativas, do patrimônio das organizações - ou até mesmo pessoas físicas.

Como mencionamos, o conceito de o que é contabilidade, bem como o de patrimônio, podem ser utilizados também para se referir a pessoas físicas.

Contudo, durante nosso artigo iremos nos ater ao uso desses termos em relação a empresas.

Por meio desses estudos, são oferecidas diversas informações importantes para realizar a gestão da empresa de maneira eficaz.

A contabilidade de uma empresa irá proporcionar, como veremos com mais detalhes à frente, relatórios que resumem a movimentação ocorrida em determinado período.

Esses relatórios são úteis para fins internos e externos.

Internamente, serão importantes para auxiliar na tomada de decisão dos gestores financeiros e, externamente, os relatórios irão prestar contas para partes interessadas, como o nosso governo.

Ainda, podemos destacar que a contabilidade é responsável pela escrituração (registro em seus próprios livros) e apuração dos resultados obtidos.

Sem a contabilidade, facilmente, podemos afirmar que a manutenção da empresa seria prejudicada.

Diante disso, ao ler um pouco sobre o que é contabilidade, você deve ter percebido que esse é um conceito simples, mas que envolve muitos outros processos.

Por isso, nós iremos te ajudar a aprender tudo sobre contabilidade com o nosso artigo de hoje.

Durante a conceituação de o que é contabilidade, mencionamos escrituração, patrimônio, relatórios e livros próprios, não é mesmo?

Se você não sabe o que esses termos querem dizer, não há problema algum. Iremos te ensinar o que cada um deles, e ainda outros, significam. Continue a leitura!

Saiba tudo sobre contabilidade agora mesmo.

A partir de agora, vamos falar sobre os termos mais importantes da contabilidade. Então, fique atento.

O que é patrimônio?

Patrimônio foi um dos primeiros termos que falamos ao definir contabilidade, certo? Mas você sabe o que é patrimônio?

A contabilidade é o estudo das movimentações do patrimônio de uma pessoa ou empresa. Logo, precisamos saber o que é patrimônio.

Patrimônio é o conjunto de bens, direitos e obrigações que uma pessoa ou empresa possui. Sendo que consideramos patrimônio aquilo que pode ser convertido em um valor monetário.

Para que se entenda melhor, vamos falar, separadamente, sobre a definição de bens, direitos e obrigações.

Os bens em um patrimônio, geralmente, são itens imateriais que podem ser utilizados durante, e para, produção do objetivo da empresa.

Os direitos são tudo o que pode ser mensurado e que tem representação em um item incorpóreo.

Por exemplo, se a sua empresa tem clientes inadimplentes é direito da mesma recorrer ao pagamento dessas dívidas.

Por último, as obrigações, como o seu próprio nome nos deixa a entender, são as atividades legais que a empresa deve realizar.

Como exemplo de obrigações podemos citar os impostos que devem ser pagos ao governo regularmente.

O que é escrituração?

O registro dos relatórios é feito por meio da escrituração. O que chamamos de escrituração técnica é o registro de todas as ações da empresa, as comerciais e financeiras.

Através dela, da escrituração, os documentos são lançados em livros contábeis; que são próprios de cada empresa.

Como você verá a seguir, esses livros são extremamente úteis para controle interno da empresa, bem como para as movimentações de fluxo de caixa da mesma.

A seguir, destacamos os tipos de livros contábeis que são mais comuns no dia a dia de uma empresa:

  • Livro Diário;
  • Livro Razão;
  • Livro Caixa;
  • Livro Auxiliar;
  • Registro de Duplicatas.

Os livros devem ser preenchidos de maneira padronizada e é importante que eles sejam armazenados pelo tempo que for necessário, de acordo com as suas validades.

Alguns livros são obrigatórios e outros facultativos. O Livro Diário, por exemplo, é obrigatório e seu objetivo consiste em documentar toda a documentação realizada em débito e crédito.

Para iniciar e encerrar o Livro Diário é necessário o uso de termos autenticados à Junta Comercial.

O Livro Razão, por outro lado, também é obrigatório, mas não é necessário o uso de termos para seu início e encerramento. Esse livro controla, diariamente, o saldo de contas

O Livro Caixa é facultativo para empresas que não estão no regime do Simples Nacional. Esse livro registra as entradas e saídas do empreendimento de maneira simples, sendo uma ótima ferramenta para gestão interna.

Quais documentos são necessários dentro da contabilidade empresarial?

Além dos livros, existem determinados documentos que são muito importantes para o funcionamento e manutenção de uma empresa.

Através desses documentos é possível comprovar e, ainda, justificar as operações realizadas.

Entre os documentos mais utilizados podemos destacar as notas fiscais, as folhas de pagamento e documentos relativos ao pagamento dos colaboradores, pró-labore, documentos expedidos por cartórios, extratos de bancos e outros documentos referentes a investimentos e empréstimos.

Se você parar e pensar, são muitos os documentos que envolvem as práticas contábeis de uma empresa, não é mesmo?

Por isso, mantenha todos esses documentos sempre atualizados. Não deixe de fazer cópias deles e cuidar para que sejam armazenados com a segurança necessária.

O que são demonstrativos financeiros?

No início do artigo, no momento em que fizemos a definição de o que é contabilidade , falamos sobre relatórios importantes que são produto da contabilidade e seus estudos realizados.

Agora chegou o momento de falarmos sobre esses relatórios.

Os demonstrativos financeiros são os relatórios da área de finança da sua empresa. Eles demonstram, com clareza, diversos dados importantes relativos à administração do seu negócio.

Logo a seguir, iremos falar de alguns demonstrativos financeiros mais utilizados pela maioria das empresas.

BP - Balanço patrimonial

Como te explicamos o conceito de o que é patrimônio, vamos começar falando um pouco sobre balanço patrimonial.

O balanço patrimonial é o demonstrativo financeiro que analisa o equilíbrio do patrimônio.

O balanço patrimonial compara os valores do patrimônio ativo em relação ao passivo somado ao líquido.

Para calcular o seu balanço patrimonial, basta fazer uma análise com a seguinte fórmula:

Ativo = Passivo + Líquido

Se o resultado dessa conta apresentar algum desequilíbrio, quer dizer que há um déficit ou deslize na contabilidade da empresa.

DRE - Demonstração do Resultado do Exercício

A DRE é um dos demonstrativos financeiros mais importantes dentro de uma empresa. Isso ocorre porque, primeiramente, essa é uma obrigação segundo a nossa legislação. As empresas devem apresentar esse relatório anualmente.

Nesse sentido, vale destacar que a DRE demonstra todas as movimentações realizadas no período analisado e, ainda, nos traz uma análise dos resultados da empresa.

Dessa forma, é possível verificar, por meio da DRE, se a empresa teve prejuízo ou lucro com as movimentações realizadas.

Muitas empresas fazem uso deste demonstrativo em um período menor: às vezes esse período é mensal ou trimestral.

Usualmente, o objetivo de utilizar a DRE em um período menor é prestar auxílio no controle interno da empresa.

DFC - Demonstração de Fluxo de Caixa

ADemonstração de Fluxo de Caixa, também chamada de DFC é uma das ferramentas relativas à contabilidade que você precisa ter conhecimento para que saiba tudo sobre contabilidade.

Para que se entenda o que é DFC, é preciso entender o que é fluxo de caixa.

Como já mencionamos em outro momento do nosso artigo, o fluxo de caixa é a movimentação da empresa. Nesse fluxo, são registradas todas as entradas e saídas realizadas em determinado período.

Sendo que as entradas são as receitas que a empresa obtém, seja através da venda de produtos ou serviços ou, ainda, através do recebimento de empréstimos.

Também pode ser considerada entrada o investimento de acionistas na empresa.

As saídas, por outro lado são todos os valores despendidos pela empresa, geralmente, para pagar suas contas.

Dessa maneira, a Demonstração do Fluxo de Caixa irá apontar as movimentações ocorridas, bem como a origem dos valores e recursos que a empresa possui e a maneira como foram utilizados.

Balancete de Verificação

O último demonstrativo financeiro que queremos trazer para você saber tudo sobre contabilidade é obalancete de verificação.

Esse demonstrativo é elaborado depois do balanço patrimonial, isso porque no balancete constam os valores do patrimônio e de resultado, além do saldo final.

O balancete de verificação é uma ferramenta muito importante que deve ser utilizada por qualquer empresa que busca ter uma vida financeira saudável.

Até aqui, falamos sobre diversos conteúdos de muita importância para a contabilidade de uma empresa

Vimos o que é contabilidade, o que é patrimônio, falamos sobre documentos importantes na gestão financeira e sobre os demonstrativos financeiros.

Sendo que, vale destacar, esses demonstrativos são essenciais para que a gestão da sua empresa seja eficaz e alcance os resultados esperados.

Agora que você já sabe praticamente tudo sobre contabilidade, que tal aprofundar o seu conhecimento sobre os regimes tributários do nosso país? Temos um material excelente para te ajudar nisso, para ter acesso, basta clicar aqui.

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More