/ Documentação

O que é DRE, como fazer e qual a sua importância? Saiba agora mesmo

Se você é um MEI, ou um empreendedor com negócios de pequeno e médio porte, com certeza já se deparou com a dúvida: o que é DRE?

Essa é uma dúvida comum entre empresários que buscam estar em dia com a legislação brasileira e, ainda, almejam uma vida financeira saudável para as suas empresas.

Apesar do termo contar com uma certa popularidade — muitos profissionais, pelo menos, já ouviram falar o que é DRE —, poucas pessoas de fato sabem o significado desse conceito.

No nosso artigo de hoje, queremos te explicar o que é DRE, como fazer e qual a sua importância para a sua empresa.

Por isso, continue a leitura. Ao final, você saberá exatamente o que é DRE e, nós garantimos, você com certeza irá querer fazer esse demonstrativo dentro da sua empresa.

Mas então, o que é DRE?

DRE é uma sigla cujo significado é o seguinte: Demonstração de Resultado do Exercício. Os demonstrativos financeiros são entendidos como ferramentas muito úteis dentro da contabilidade de uma empresa.

Apenas para título de conhecimento, outros exemplos de demonstrativos financeiros são: Fluxo de Caixa, Balanço Patrimonial, Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA) e Demonstração do Valor Adicionado.

Ainda existem outros, mas o nosso foco de hoje é na Demonstração de Resultado do Exercício, a DRE.

Os demonstrativos financeiros podem ser entendidos como relatórios da gestão das finanças e, com a DRE, não é diferente.

A Demonstração de Resultado do Exercício costuma ser um demonstrativo feito em conjunto do Balanço Patrimonial, visto que um auxilia na construção do outro.

A DRE descreve todas as movimentações financeiras realizadas dentro da empresa em um determinado período.

Tal período pode ser mensal, trimestral ou anual. Depende do que se objetiva com a realização do relatório.

Vale ressaltar, a DRE surgiu a partir de uma lei do nosso país que foi criada em 1976, a lei nº 6.404, que obriga as empresas a apresentarem a Demonstração de Resultado do Exercício anualmente.

Contudo, muitas são as empresas que fazem a DRE em períodos menores, como o mensal e o trimestral, para fins de controle interno.

Saber o que é DRE é um dos primeiros passos para manter uma vida financeira saudável dentro da sua empresa.

Mas é comum praticarmos um hábito apenas quando entendemos sua importância. Por isso, agora, já sabendo o que é DRE, queremos te explicar a importância deste demonstrativo.

Qual a importância da DRE?

Agora que você já sabe o que é DRE, fica um pouco mais fácil entender qual a sua importância para a sua empresa.

Obviamente, não podemos deixar de destacar a importância legal. A DRE é um relatório exigido por lei, e as consequências de não executá-la podem ser significativas para a sua empresa.

Mas, além da obrigação legal, a Demonstração de Resultado do Exercício se faz muito importante pelos diversos benefícios que traz à empresa.

A DRE é útil para a realização de uma gestão estratégica, pois, através dela é possível obter um panorama geral de toda a situação financeira da empresa.

É possível visualizar o lucro alcançado, ou até mesmo o prejuízo, além dos impostos pagos sobre o que foi comercializado e outras despesas e gastos realizados.

Logo, toda a receita da empresa é descrita na DRE, bem como as saídas que foram feitas naquele período.

Assim, pode-se ter informações altamente relevantes para uma boa administração da empresa e para o planejamento de novas ações que serão adotadas.

Além disso, podemos citar que a DRE é uma ferramenta importante para a gestão pela organização que ela traz.

Seria impossível construir uma DRE sem o mínimo de organização a respeito das contas que foram pagas e daquelas que foram recebidas.

Assim, esse controle de contas a pagar e a receber é feito de forma mais natural a fim de facilitar o relatório da Demonstração de Resultado do Exercício.

Bom, até aqui já vimos o que é DRE e qual a sua importância para o seu negócio, a partir das vantagens que ela traz. Mas agora é o momento de aprender a fazer a sua DRE.

Aprenda a fazer uma DRE

De nada adiantará saber o que é DRE se você não sabe como construir a sua, não é mesmo? Por isso, agora vamos ensinar o que deve ter em uma DRE e como fazê-la.

Para começarmos, devemos lembrar que a estrutura da Demonstração de Resultado do Exercício é definida por lei; a mesma que já citamos anteriormente.

Essa estrutura contém os seguintes tópicos ou linhas:

  • Receita Bruta de Vendas

Esse primeiro tópico traz todas as receitas geradas com a venda dos produtos ou serviços ou, ainda, recebimento de royalties.

Desta linha, de Receita Bruta, é necessário fazer a Dedução de Vendas, que representa as deduções de impostos que têm incidência direta sobre a venda. Como exemplo, podemos citar o ICMS e ISS.

  • Receita Líquida de Vendas

A Receita Líquida é o resultado da receita bruta com as deduções dos impostos de vendas já realizadas.

  • Custo Variável

Da Receita Líquida, é necessário deduzir o custo das mercadorias, ou produtos, e dos serviços prestados.

  • Lucro Bruto

Depois, como resultado da dedução dos custos variáveis, é possível chegar à linha de Lucro Bruto, ou também conhecido como margem bruta. Um indicador bem importante

Do Lucro Bruto, é preciso retirar todas as despesas, ao mesmo tempo em que se adiciona as receitas operacionais.

É nesse momento em que são levados em consideração o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

  • Lucro (ou Prejuízo) Operacional Líquido

Então, por último, depois de acrescentados, ou reduzidos, os valores não operacionais para chegar ao último tópico: Lucro Líquido do Exercício (LLE),também conhecido como Resultado do Exercício.

Para que seja mais fácil a visualização de uma DRE, observe a imagem a seguir:

7.1

Essa estrutura acima, com esses tópicos específicos, não pode mudar. Como já dizemos, ela foi definida por lei.

Mas, obviamente, o que vai ser descrito em cada um desses tópicos vai depender de cada empresa e das movimentações que foram feitas.

A Demonstração de Resultado de Exercício é um relatório financeiro de grande valia para qualquer empresa.

Seu uso faz com que a gestão seja mais estratégica e, nas mãos de um bom gestor financeiro, pode auxiliar a empresa a alcançar resultados cada vez melhores.

Se você gostou de saber o que é DRE, não deixe de conhecer a respeito dos outros demonstrativos financeiros através do nosso artigo sobre o assunto. Basta clicar aqui.

Natália Lima

Natália Lima

Co-Founder & CFO - Keruak Software. Carreira em Administração de Empresas. MBA em Controladoria e Gestão Estratégica. Para se ter sucesso basta dar o melhor de si e deixar os resultados com Deus.

Read More